Dilma: Comissão da Verdade: prevenção e impedimento da prática da tortura

Dilma pede fim dos depoimentos difíceis – Política – Estado de Minas.
O objectivo é muito bom.

English: Dilma Rousseff with her running mate ...
English: Dilma Rousseff with her running mate for the 2010 Brazilian presidential election, Michel Temer. Português do Brasil: Dilma Rousseff, candidata a Presidência da República, com o companheiro de chapa Michel Temer. (Photo credit: Wikipedia)

Dilma:
“não me fixar nas pessoas (nos torturadores), nem ter por elas qualquer sentimento. Como eu disse no meu discurso, nem ódio, nem vingança, nem tampouco perdão. Não há sentimento que se justifique contra esse tipo de ato. Há a frieza da razão. E a frieza da razão é não esquecer e, por isso, nós criamos a Comissão da Verdade”,

a Comissão da Verdade. “A questão não é o torturador. É a tortura. O torturador é um agente, mesmo ele tendo a sua responsabilidade reconhecida depois do que aconteceu no julgamento dos que estiveram em Nuremberg”, disse Dilma referindo-se ao tribunal que condenou nazistas depois da Segunda Guerra Mundial. Lá foi aprovado que, mesmo cumprindo ordens, o torturador é responsável. 
Dilma disse, porém, não achar que o torturador seja o problema. “O problema é em que condições a tortura é estabelecida e operada. E isso todos sabemos em que condições foi. Ninguém aqui desconhece o que aconteceu neste país num determinado período de sua história. E todos nós, eu tenho certeza, que estamos aqui nesta sala, temos o compromisso de não deixar jamais isso acontecer”, afirmou. “

“Na Grécia, aletheia, verdade, é o contrário de lethe, esquecimento. A verdade é esta: não se esquece, mas não se esquece do ponto de vista histórico e não do ponto de vista individual”. ~ Dilma, muito bom.

O problema continua a ser o problema espiritual/religioso:
A religião dela – aquele país em que todos sabemos que se pratica tortura – tortura.
Como é com o compromisso de “não deixar jamais isso acontecer” m
as ser o melhor amigo e irmão daqueles que praticam e fazem praticar ?

Não há solução sem o resolver do cerne da questão, aquele de que ando sempre a tratar.

Entretanto, segundo um comentário:
Os grupos armados dos quais participou (POLOPE, COLINA e VAR-Palmares) praticou inúmeras atrocidades como sequestros, torturas, assassinatos cruéis e atentados a bomba que destroçaram vidas inocentes.

Talvez por isso ela não queira reconhecer a “responsabilidade dos torturadores”
Como é? Ser presidente é mais fácil do que procurar a profundidade da verdade. O que é difícil é chegar a presidente ou qualquer cargo de responsabilidade, quando se ama a verdade e se lhe é realmente fiel.
Ok, ela distanciou-se talvez das suas convicções da “luta pela guerrilha”.  Mas falta aqui qualquer coisa. Ela era a primeira a apoiar os métodos violentos, naquela altura, e foi naquela altura que foi torturada. É diferente de ser alguém que não apoia a violência, e é torturada.

Já a ouvi afirmar categoricamente que “É Cristã” , nuns sítios – para noutro sítio dizer que é agnóstica, dizendo “a gente sabe lá se existe senão existe” . E mais outras coisas assim, não segundo uma procura e evolução da formação de convicção, a que tem direito, mas …. digamos que segundo as conveniências necessárias de satisfazer no momento, para poder ser presidente. Rodeou estes problemas muito bem. Isso é óptimo, se se for guiado pelo verdadeiro conhecimento espiritual Divino.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s