De Esperança a Espanto

Pensei que tinha ganho o fim de semana.
A grande esperança da Helga (Schiller é importante e maravilhoso)

Afinal… ainda estou a recuperar
por exemplo, de 41:40/47:35 – …

No princípio diz alguma verdade, no entanto ! :) O que os portugueses têm a fazer é produzir, totalmente independentemente, e que nos deixem em paz. E é esse o objectivo que estou a servir.

É portanto daqui que vem a metade bom/mau da Helga. Que fala de Paz, e depois defende algo tão louco como o investimento em colonizar Marte.
Primeiro é preciso o projecto de paz e fertilização do deserto, e autonomia e desenvolvimento das Nações. E ao libertar-mo-nos de guerra e do mal, imediatamente surgirá a libertação e o surgir de técnicas para projectos espaciais, sem ser à custa da fome e horror.

E, o espanto da ligação entre este senhor e o instituto Schiller, é apenas mais uma prova do que sei e mantenho: é preciso o cerne divino, e espiritual, filosófico, para avançarmos. Que pode ser alcançado e estabelecido com as leituras que tenho proposto. E que continuo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s