Continuação de notas à pressa para um mini-diário de um fim de semana azul

L'occhio non vedrebbe mai il sole se non fosse...
L’occhio non vedrebbe mai il sole se non fosse già simile al sole, né un’anima vedrebbe il bello se non fosse bella. (Plotino, Enneadi) (Photo credit: Valentina_A)
Profilo di Socrate, -- Profile of Socrate
Profilo di Socrate, — Profile of Socrate (Photo credit: pizzodisevo)

Ontem à noite, enquanto continuo nesta luta de reaprender a minha antiga disciplina, já tinha posto o despertador para as 4 horas da manhã, e estava literalmente a morrer de cansaço às 10.30.
Mas o sentimento da urgência…. (aquela)
acrescentado do sentimento de responsabilidade, fez-me sair da cama, e escrever o pequeno poema que fiz de manhã –
seguido de mais até à 1h
Era para ter dito, Às 10h15, vou-de deitar. Às 4h – ou até 3h, estou aqui de novo.
Devia tê-lo feito… talvez. Mas as mudanças são graduais — e teria talvez pena de não me ter nem disponibilisado, nem ter colaborado ainda com algo visível.

Os meus feitos invisíveis para este fim de semana – a nível do Clube e do que sugiro no face — que me dariam o sentimento de ter feito a minha parte neste aspecto, — heheheheh. Foram mais horas e horas de trabalho ainda invisível. Acontece que consegui perceber depois de muita procura das citações e partes que eu queria, que aqueles links para, por exemplo o Phaedro, os textos, estão incompletos, sem aviso !!!

O que quero fazer para as Ostras, é ir buscar os textos com que comecei na minha pagina há tempos no facebook, e passar isso para o blog ou e página. Depois era colocar as citações que eu queria, para indicar o caminho que penso necessário…. e como estaria errada, se Franz Marc, Jesus e Socrates dizem o mesmo ?
É o mesmo que querer reunir pessoas num sítio para dali se poder partir…. mesmo que haja outros que também lá vão ter independentemente, etc.

Também me falta ainda dizer, — pois acho que pelo menos no passado, foi essa a questão para muitos — o quanto seria completamente ilegal, criminoso, eu ir a Portugal.

E agora vou arranjar-me. Depois, se nada se passar entretanto, gostaria de ir continuar o trabalho a propósito das Ostras.

Para hoje à noite: ?

Ah, abordei uma questão de que estão sempre a falar, sobre as mulheres serem incompreensíveis — uma coisa que só vale a pena … abraçar em fundo, corpo e espírito.

Aliás, eu bem peço para lermos Sócrates…. que não era nada misógino, muito embora … muito embora…. pois, não era Jesus, aquele que realmente veio virar tudo de pernas para o ar. :)

hahahahaha

oh MEU DEUS – JA HÁ TANTA GENTE A FAZER A VDA TÃO FEIA – VEM VEM PARTICIPAR E AJUDAR QUEM quer fazer o mesmo que Sócrates…. e Plotino, e Jesus, e Swendenborg e Simone Weil. E…
Vem. Vamos juntar as mãos e os corações e as almas e os poetas.

É tão importante dar o bom exemplo.
Que seria da humanidade, se as mães se virassem para os filhos e lhes dissessem: só vamos estar com vocês, quando não precisarem de nós?

Ah, para quando um grupo de gente de mão no coração — de madrugada….a ver a aurora, plenamente em frente ao Rio Tejo, a ler os escritos sagrados, dos quais também os de Platão fazem parte….. começando pelo princípio, a meditar em conjunto, com concertos ao nascer do Sol….. ao vivo em conjunto com outros e outros e outros, país fora, em uníssono, nas palavras de Deus.

Como se fosse possível combinarmos o que temos a fazer, descobrirmos o que temos a fazer, sem haver esse princípio divino….

ligando fora e dentro… ligando o saber ao amor….
E aquele sítio, perfeito, está lá, à nossa espera….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s