Tese sobre temas relacionados com a mutilação genital feminina

6000 mulheres são mutiladas diariamente. Mas na verdade, o sofrimento que lhes é causado, vai muito além do corte e das semanas da sua cicatrização. Na maiorias das vezes, a vagina destes milhões de mulheres que habitam o nosso mundo, é cerrada,  cosendo-se-lhe os lábios vaginais, no momento da mutilação. Só o orifício para urinar é deixado aberto. Passados anos, para o ritual de casamento, quando um macho quer penetrá-la, a mulher é cortada.
Às vezes, é cosida novamente e cortada outra vez, para o nascimento da criança… 

Vá-le a pena ler :  “O CORTE DOS GENITAIS FEMININOS EM PORTUGAL”:   O CASO DAS GUINEENSES  por CARLA MARTINGO

http://www.oi.acidi.gov.pt/docs/Colec_Teses/tese_22.pdf

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s